Aprenda como usar gravatas

Não importa se você está preparando-se para trabalhar em um escritório, se tem um compromisso importante — seja ele casual ou requintado — ou simplesmente deseja ficar bem vestido e esbanjar bom gosto, uma gravata sempre é uma excelente pedida. Ela permitirá que você esteja preparado para praticamente qualquer tipo de evento. É como um American Express Centurion Card (um dos cartões de crédito mais VIPs do planeta) que você pode vestir.

Acha exagero? Então, vamos lá: experimente uma. É só um detalhe? Talvez, mas é o tipo de detalhe que dá um toque diferenciado ao look, não concorda? Se não, podemos apostar que provavelmente ainda não está fazendo isso direito. A seguir, veja algumas dicas incríveis sobre gravatas que te ajudarão a harmonizar qualquer composição, combinando diferentes elementos do seu guarda-roupa (inclusive despojados) de modo a valorizar as suas qualidades mais fortes!

Como Usar Gravata ?

nós de gravata

nós de gravata

Primeiramente, é importante ressaltar que não existe um código normativo ditando o modo e o que pode ou não pode ser utilizado ou combinado com gravatas. Cada um é livre para vestir o que bem entender. Entretanto, existem algumas regras que norteiam a melhor maneira de compor o visual. Veja as principais:

  • a gravata deve ficar na altura da fivela do cinto, nunca no meio do abdômen e nunca ultrapassando o cós da calça (muito menos dentro dela);
  • gravatas não são, definitivamente, acessórios exclusivos de combinações (e compromissos) formais. Podem ser usadas até mesmo em situações extremamente descontraídas;
  • os prendedores devem ser posicionados 20 cm acima da ponta, prendendo a gravata à camisa. Se sua estatura for consideravelmente acima (ou abaixo) da média da população, essa medida pode ser ajustada;
  • gravatas estampadas devem ser utilizadas com camisas e com blazers ou paletós, quando for o caso, preferencialmente lisos;
  • gravatas sem estampa podem ser combinadas tanto com peças lisas quanto com as estampadas. Por isso, na dúvida, opte por elas;
  • priorize, sempre que possível, as gravatas confeccionadas em seda. Estas, além de mais bonitas e sofisticadas, comportam nós variados de maneira mais harmônica e não desfiam facilmente como as de poliéster;
  • gravatas borboletas são parte de looks black tie. Porém, não tenha medo de usá-las em outras circunstâncias. Elas também ficam excelentes em combinações mais informais e despojadas;
  • evite sempre gravatas muito largas e nós exagerados.

Tipos e Looks de gravatas